quinta-feira, 2 de outubro de 2008

< FREAK POESIA BEAT >

Durante meu período de graduação pude conhecer todo tipo de pessoa, das fantásticas aos pelas-sacos, das exóticas as sem-graça e principalmente, aquelas que somam. Uma das que realmente somaram conhecimento a minha vida, mesmo no pouco período que estivemos frente a frente, foi o mestre Byra Dorneles.

Conheci essa figura impar da cena carioca como produtor do artista Lobão, na época entreguei a ele um fanzine que fazia e daí surgiu a amizade. Hoje ele se encontra com o trabalho internacionalmente conhecido intitulado, Freak Out – a palavra elétrica, um lance que mistura poesia declamada com beats eletrônicos em vários BPMs. Também fazem parte do projeto nas bases e efeitos os Dj Robhinson e Miguel Stavele.

Tive a oportunidade de conversar com Byra pelo MSN, ele falou sobre o trabalho que vem desenvolvendo e suas impressões sobre a produção cultural nacional...


www.apasseio.blogspot.com....Matheus Salvany - diz:
Byra, o freak out já foi fanzine, cd-zine, projeto itinerante, o que ele é hoje?


Byra Dorneles diz:

hj ele eh um zine eletrônico q faz apresentações ao vivo, a Palavra elétrica, itinerante...a palavra acima de qualquer coisa, toda a beleza da língua portuguesa


www.apasseio.blogspot.com....Matheus Salvany - diz:

De onde surgiu esse lance, ou seria, como surgiu esse lance de poesia declamada com beats eletrônicos?


Byra Dorneles diz:

Foi inspirado em Allen Ginsberg q fazia isso no fim dos anos 60...e tb nos caras q fazem slam atualmente


www.apasseio.blogspot.com....Matheus Salvany - diz:

Você é do Rio mas a ponte área com SP veio forte com a gravação do cd, onde seu trabalho tem melhor recepção?


Byra Dorneles diz:

Na realidade, na Europa, nos paises de língua latina


www.apasseio.blogspot.com....Matheus Salvany - diz:

Serio? Como você faz pra chegar a esse público?


Byra Dorneles diz:

Pelo myspace já tivemos varias visitas e chegamos em primeiro lugar no ranking experimental


www.apasseio.blogspot.com....Matheus Salvany - diz:

Hoje você se considera mais dos bastidores ou dos palcos?


Byra Dorneles diz:

Bastidores sempre, palco éh na rua, rs


www.apasseio.blogspot.com....Matheus Salvany - diz:

Com sua experiência de anos na produção artística do mainstream nacional, é mais difícil fazer arte hoje ou a um tempo atrás?


Byra Dorneles diz:

Acho a mesma coisa, temos q ter as rádios na nossa mão de volta, a radio ainda eh o maior veículo


www.apasseio.blogspot.com....Matheus Salvany - diz:

O que fazer??


Byra Dorneles diz:

O famoso DO IT, vá pras ruas


www.apasseio.blogspot.com....Matheus Salvany - diz:

Você teve aqui em fortaleza como produtor...O que levou ai pro sudeste daqui?


Byra Dorneles diz:

Vi muitas coisas novas na calourada (2005- unifor), a força e criatividade q a galera faz sem grana, na garra mesmo, isso é estimulante


www.apasseio.blogspot.com....Matheus Salvany - diz:

Pra terminar, gostaria que você mandasse uma mensagem pra galera que ta por ai perseguindo os sonhos...


Byra Dorneles diz:
Saiu...O seguinte: faça arte, a mão, com a voz, instrumento, seu corpo. A arte nos liberta. não chore pelos cantos por patrocino do governo o qq um. vá pras ruas de megafone, sax e voz e grite. Faça percussão no corpo. Leia seu poemas nos ônibus, outro dia li um no microfone do avião. veja a trajetória de Dylan e Ginsberg e Torquato Neto e se inspire, não chore, n reclame. FAÇA. A arte e o maior são libertários!!!!


_______________________

Para maiores informações, leituras, escutar e viajar, clica ai nos links

www.palavraeletrica.com/

http://www.myspace.com/byradorneles

2 comentários:

A Palavra Elétrica disse...

VALEU A FORÇA CARA !! ABS MIGUEL

Elida Kronig disse...

Byraaaaaaaaaaaaaaa!!!
Conheçi o trabalho do Byra pelo myspace. É curioso, interessante, inspirador. Já tive muitas idéias ouvindo o trabalho dele. Parabéns aos dois, entrevistador e entrevistado.
Beijinhos carinhosos