sábado, 12 de setembro de 2009

< FACULDADE MENTAL LANÇA PRMEIRO CD >



Dia de celebração para o Reggae Roots cearense!

A Faculdade Mental que aproximadamente a 5 anos percorre o circuito reggae do nordeste, lança seu primeiro álbum autoral logo mais a noite no Reggae Club. Produzido pelo vocalista e compositor da banda, Ciro Mental, e gravado na Casa de Ensaio estúdio, Reggae in The Routes, possui 10 faixas, sendo 5 tracks em português e 5 em inglês.

Encontrei com o reggae boy, acompanhado de seu fiel baixista Daniel mental em uma noite quente de reggae na barraca Sorriso do Sol, o mesmo prontamente me entregou o cd e emanando energia falou sobre a realização. `` Matheus, tô realizado, muito feliz de ter conseguido finalmente materializar esse disco´´. Um cd, que ao meu ver justifica o seu título, pra se escutar ao longo da estrada. Onde, ao invés de trazer o costumeiro amor como temática principal, trás a celebração do reggae, da amizade e da paz interna guiada pelo caminho da propagação do bem respeito como diretriz e pilar central...

Co-produzido pelo drums man, RoqueNey Mota, efeitos sintetizados e deleys são a marca registrada do trabalho, onde o vocal de Ciro mental é explorado intensamente, faixa por faixa... Na track de abertura, Alone Again, a Faculdade canta a tranqüilidade de se viver, em um reggae que abre o caminho para a sintetização citada. Na seqüência, Preconceito, deixa uma das principais mensagens da reggae band alencarina, a vibe de não olhar para trás e parar nas sombras. Destaque para a risadinha dark utilizada como marcação e efeito psicodélico.

Aumentando o metrônomo em, Reggae Sim, o roots reggae é celebrado de forma simples e de boa, onde a letra canta o desdobro cotidiano. Na quarta faixa e terceira música em português do álbum, Sem Ninguém, destaque para a linha sopro de responsabilidade do saxofonista e multi-instrumentista, Fernando Lelis. Voltando as versões em inglês, Strange thoughts, Trust You, Running in The Road e True Sap, levam aos ouvidos a vontade de ‘’fly alway’’ por ‘’miles away’’ ao pé da letra. Bom lembrar da participação na faixa 08, do músico andarilho internacional, Alex, vocalista da Kiwi in The Child.

Entrando na reta final do primeiro Cd da Faculdade Mental (rimou, viu?), o hit conhecidíssimo pelas radiolas de todo o estado, A Culpa, entra chutando as portas e sem pedir desculpa, deixando aberto o caminho para a cereja desse ´´special cake´´, Menino de rua. Linha seca com reefs e solos de guitarra livres, onde o sotaque cearense canta a malandragem necessária de uma boa parcela da mulecada brasileira, que enfrenta esse sistema excludente atualmente em vigor...

Agora, depois de lamber a cria, um pouco de crítica. Senti falta do peso característico vindo do baixo de Daniel Mental, quem já viu a Faculdade ao vivo sabe do que estou falando... Outra coisa que senti falta, o Hit, Badalow das Horas. Perguntando para Ciro Mental sobre a opção de excluir o som, o mesmo alegou que o fato de já ter disponibilizado a track anteriormente na internet foi um ponto decisivo para o feito... Pra mim não colou, continuo a sentir falta da faixa... Mas nada que venha tirar o brilho desse excelente trabalho da banda pós-Dona Leda de maior destaque do cenário reggae local...


Parabéns para a Faculdade e par ao reggae cearense!!!

Papoca é tudowwww!!!

< FESTIVAL NO AR SUPERNOVA >



Durante os dias 17, 18, 19 e 20, a Órbita Bar apresenta o Festival No Ar Supernova. Evento que nasce do trabalho conjunto entre o coletivo pernambucano Coquetel Molotov e a casa de show fortalezense, tem como objetivo integrar música, moda, cinema, artes visuais e tecnologia num mesmo ambiente. Excelente oportunidade para conhecer e apreciar as novas tendências culturais do cenário independente.

No quesito stands fashion style, nomes como COLETIVO, RUTH ARAGÃO Roupas, Casa das Meninas, BOO+MOVE e Desconexo, participam da feira de exposição de moda. Representando as artes visuais e o Áudio Visual, Weaver Lima e o coletivo ARTZ (MONSTRA) marcam presença, além de nomes da música local e internacional correndo nas projeções.

Abrindo o festival no dia 17, Tiago Mancha e a rapaziada da Town In ficam responsáveis pelo som. No dia 18 é a vez dos franceses, Zombie Zombie e François Virot, e os suecos da Loney, Dear mostrarem as novas tendências do velho mundo. O sábado(19) é reservado as meninas suecas, onde a artista do momento no cenário alternativo internacional, Britta Persson, apresenta seu repertório recheado de sensualidade e baladas, seguida pelas gatinhas cerinhas do Those Dancing Days.

Nas pick ups, os locais Dj’s Fill e Rodrigo Lobbão duelam com 4 decks, mais a Dj Juli representam o quesito eletrônico da programação para o delírio do dance floor. Fechando em grande estilo, o domingo (20) fica reservado para festa de encerramento do festival, com as bandas cearense Le Disco e The Mob.

Festival muito bacana centrado nas atrações internacionais... No que diz respeito ao quesito musical da história, senti falta de mais bandas do cenário alternativo autoral no set list. Conversei com André Fernandes, o produtor responsável e vocalista do Monophone, o mesmo garantiu que esta será apenas a primeira edição do SuperNova; ``Infleizmente não temos tempo para trabalhar com mais bandas locais, mas não se preocupe, esse é apenas o primeiro SuperNova. Para a segunda edição a coisa tende a crescer´´. Estou ansioso pra ver a decoração feita pelo Weaver Lima e o coletivo ARTZ (MONSTRA), to sabendo que bolas preencheram o vão do telhado sobe efeitos de luzes e pá... docarai hein?!...

Lugar especial para conhecer e circular com mentes produtoras do cenário alternativo da cidade, moda, audiovisual, música... Sempre que ocorre essas misturas de artes, onde o povo dos vários segmentos artísticos se encontram, as chances de novidades aparecerem aumentam... bom pra noixxxx!




Ano da França no Brasil


Fazendo parte da programação do ano da França no Brasil, a Orbita Bar apresenta o dito, `` novo pop Francês´´, onde François Virot e Zombie Zombie são atualmente seus maiores representantes. Uma ótima oportunidade para pesquisa e intercambio musical.
Vendo o material do evento, a Zombie Zombie chamou muita atenção, uns garotos fazendo som altamente instrumental e com reduzida presença de vocais.

A temática está centrada em viagens zombinianas, o vídeo clipe em animação estilo filme trash contos da cripta é de arrepiar. Os jovens Etienne Jaumet (sintetizadores) e por Cosmic Neman (bateria), alternando pianos, percussão, bateria, theremin com gritos, pianos de brinquedo, gravador de fitas e mais uma série de artefatos analógicos, fazem seu experimento psicodélico... Gostei bastante da proposta... sente ai o myspace da moçada..

http://www.myspace.com/therealzombiezombie

http://www.myspace.com/francoisvirot


Invasão Sueca


Pela quarta vez no Brasil e pela primeira vez em Fortaleza, o projeto Invasão Sueca faz parte da programação do No Ar Super Nova e este ano passa ainda por Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre . Tendo amparo de editais do governo e programas de incentivo a divulgação da cultura do país, a cena musical da Suécia impressiona não apenas pela quantidade dos novos grupos emergentes, como também pela qualidade de sua produção autoral. Nesta ocasião, o canhão de luz volta-se para a menina Cult Pop, Britta Person, que possui um hit mundialmente conhecido e emplacado nas jovem pans da vida, Winter Tour. Caso não conheça...coloca ai no youtube que logo logo sabe de quem to falando... Para conhecer o trampo dos suecos:

www.brittapersson.com

www.loneydear.com

www.myspace.com/thosedancingdays


Papoca é tudowww!!!

SERVIÇO:
Evento: Festival No Ar Super Nova
Dias: 17 a 20 de setembro
Ingresso: R$15,00 individual - R$20 na compra dos ingressos dos dias 18 e 19/09
local: Órbita Bar
Rua Dragão do Mar – Praia de Iracema
Inf: 3543.1521
www.orbitabar.com.br

sábado, 5 de setembro de 2009




Dia de celebração!!!

Seleção canarinha meteu 3 a 1 na Argentina, com dois gols de Luis Fabiano e um de Luisão, em plena cidade de Rosário, terra do revolucionário ``Che´´, o ídolo MAIOR dO técnico na fogueira por correr o risco de não participar da próxima fase final do mundial, Diego Maradona.

Adiconando a alegria logo mais, tem Entrance moçada, a festa que melhor representa o sentimento Trancer em Fortaleza. Digo isso, pelo fato dos organizadores deixarem explicito que o evento busca um propósito de celebração de uma nova era, onde a harmonia dos seres humanos com a natureza é a ordem.

Os responsáveis são pessoas que visam passar a mensagem de busca da busca/contato/evolução da espiritualidade por meio de estímulos psicotrópicos alucinógenos naturais ou sintetizados e da filosofia do bem coletivo, pelo reconhecimenbto da natureza como ``madre superior´´ e guia dessas cabeças produtoras. Esses são um dos propósitos do Núcleo de Arte e Cultura Transcendental (NUACT), com sede no Kalendoscopio estúdio e encabeçado pelo tatooador, dj, fomentador da cena eletronica local, Jr ``Animal´´.



Destaque para o estímulo de Dj´s/produtores locais com trabalhos autorais no line up. os lives Mind Paradise e Neuropipes representam as cores do ceará logo mais...

Para quem não conhece o som dessa rapaziada... sente o texto retirado do site


``A aproximação do produtor musical Pedro Resende com o DJ e produtor Delano Pessoa, DJ Neck, resultou em outra pérola no casting de artistas do Nu-ACT - Núcleo de Arte e Cultura Transcendental ... O projeto Neuropipes.


A música do Neuropipes caminha na faixa de interseção entre o Progressive Trance e Full On Groove, apresentando um trabalho híbrido e bastante refinado. Mostrando toda versatilidade e seriedade, o projeto funde o progressive com o psychedelic criando uma perspectiva única de som, sempre diferenciado e inesperado para quem está no dancefloor.´´


Sem contar que hoje a Lua tá cheia, cheia, cheia que nem um balão...Vamo que vamo, ja to partindo pra celebração de entrada na era de Aquário, onde a harmonia há de reinar sobre o desassoseego e ganancia alheia ...


papoca!!!

Segue o line up da história...

NuACT - Núcleo de Arte e Cultura Transcendental

Entrance|AQUARIUS @ 05.09.09

::::::::::::::::::::::::::::::::

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Atrações:
>> Dance Floor
23:00 Edy MVS (ZonaVibe - BRA)
00:00 Diego Grecchi (BRA)
01:00 Mind Paradise (Nu-ACT Crew - BRA) Live!
02:00 Lucas SD (ZonaVibe - BRA)
03:30 Mechanimal (NuACT crew - BRA)
05:00 Dickster (Nano Records - GBR) Live!
06:00 Rex (Nano Records - ZAF)
07:30 Ital (Antu Records/Free-Spirit Records - CHL) Live!
08:30 Dick Trevor (Nano Records - GBR)
10:00 Ecliptic (Maia Records - MEX) Live!
11:00 Neuropipes (NuACT crew - BRA) Live!
12:00 Raul Mejia (Undergroove Music - MEX)
13:00 Inge (NuACT crew - BRA)
14:30 Ruls (Undergroove Music - MEX) Live!
15:30 Fim?

>> Chill Out
02:30 Pharms (NuACT crew - BRA)
04:30 Toni Mazzotti (NuACT crew - BRA)
06:30 Radiola Rasta (PsyGo! - BRA)
08:30 Inge (NuACT crew - BRA)
10:00 Rex (Nano Records - ZAF)
11:30 Mantrix (MPSY Crew BRA)
13:30 Lucas SD X Edy MVS (ZonaVibe - BRA)
15:00 Neuromancer
17:00 Fim!


Informações:
www.NuACT.com.br

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

< XVI FESTIVAL NE DE TEATRO DE GUARÀ >



Feriado prolongado chegando e opções não faltam aos viajantes e mochileiros de plantão. Como dito no post anterior, a praia de Canoa é uma opção com seu festival de cinema, outra vibe indicada hoje e que prossegue até o dia 12 é, o XVI Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga. Energia da serra, trilhas, cachoeiras, friozinho bom pra namorar, muito ar inebriado por arte e cultura.

Na programação musical destaco a apresentação do grupo encabeçado pelo dread lock man, Glauber Holanda, O Cordel do Conto do Vigário. Banda que no último ano vem mostrando muita dedicação e series de bons shows, onde, ao meu ver, encontra-se na encruzilhada entre o limite de lançamento do primeiro trabalho autoral e a beira de cair no limbo da noite cearense como mais um conjunto de noite.

Já na programação referente a apresentações teatrais, o meu palpite vai para a peça Teatro-Rave, Râmlet Soul. A historia é dirigida por Tiago Arrais e teve sua temporada de estréia durante o mês de julho, no Mocó Stúdio. Desafio da porra pra essa galera que está buscando levar a peça para vôos mais rarefeitos, recomendo demais quem estiver por lá se programar pra ver esta pancada na cabeça.

Para maiores informações a respeito do festival e da programação, só chegar no site...

www.agua.art.br

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

< CURTA CANOA 2009 >



Sente o texto retirado do site do festival – www.curtacanoa.com.br -

``Aquarela da natureza, cosmopolita, exuberante, hospitaleira e indubitavelmente uma das pérolas do Brasil, antiga vila de pescadores descoberta e popularizada pelo movimento Hippie dos anos 60 e 70 e também turistas de outras regiões, Canoa Quebrada agora é o mais belo cenário de um dos festivais de cinema do Brasil.

Em sua quinta edição o Curta Canoa vem marcar o seu lugar na praia e mostrar a partir de uma perspectiva de revelação técnica, linguagem e principalmente originalidade a força da nossa identidade latino-americana através das telas.

O curta-metragem é considerado como a "pílula cinematográfica" onde pequenas doses de cinema são oferecidas constatando a forma mais simples e direta de expor a sétima arte. E assim o CURTA CANOA exibirá durante uma semana inteira curtas-metragens em vídeo e película em acessos totalmente livres para o público geral.´´


Papoca ou não papoca?

Lembrando que o Festival tem início hoje, as 19h e encerra os trabalhos no dia 8 de setembro. Hoje a programação fica por conta de uma respectiva das quatro edições anteriores e a exibição da mostra latino americana com os filmes:

• Adan e Eva – 2007 – Ficção – Venezuela -14’00”
Diretor: Laura Muñoz

• Llueve – 2007 – Ficção – Venezuela – 14’00”
Diretor: Alexis Mendez Giner

• Big Band – 2008 – Ficção – Venezuela – 06’00”
Direção: Daniel Calado

• P & B – 2008 – Argentina – 06’00”
Direção: Pedro Blanco

• Conexiones – 2007 – Venezuela – 13’28”
Direção: Lídice Abreu

O V Festival Latino Americano de Curta-metragem de Canoa quebrada é uma realização da J.A. Lima Produções, promoção da Associação dos Empreendedores de Canoa Quebrada (ASDECQ), SEBRAE-CE, Prefeitura Municipal de Aracati, com apoio da Lei Rouanet e Lei Estadual de Cultura.

Serviço
V CURTA CANOA - Abertura: 19h
Local: Polo de Lazer de Canoa Quebrada-CE.
Info.: www.curtacanoa.com.br

< CAMINHÂO DO PATATIVA


Idealizado pelo Governo do Estado, através da Secult, um caminhão referente ao projeto. Patativa Encanta em Todo Canto, estará estacionado nesta quarta (2) e quinta-feira (3), das 7 às 20 horas, em frente ao Theatro José de Alencar (Centro). O objetivo da ação é difundir a rica poesia popular pelo Ceará.

No caminhão baú estão disponiveis livros, filmes, fotografias e uma pá de informações sobre o poeta Antônio Gonçalves da Silva, mais conhecido como Patativa do Assaré, que completaria seu centenário este ano.

A história do caminhão itinerante rola até dezembro deste ano e a meta do projeto será passar por 95 municípios cearenses, para colocar em evidência a vida e obra de Patativa com a mostra Patativa do Assaré - Poeta Cidadão.

Mas as atrações não ficam apenas com o cmainhão, na parte de fora, violeiros, repentistas, oficinas e palestras serão ofertadas para os presentes e curioso, tudo isso de forma free moçada....

Queria tambem lançar um desafio aos músicos e artistas visitantes do blog... gostaria de ver maiores citações do mestre poeta do Assaré... Quem sabe, uma versão de sua poesias para a música contemporanea alternativa cairia bem hein?

SERVIÇO
Caminhão Patativa Encanta em Todo Canto - Hoje (2) e amanhã (3), das 7 às 20h, em frente ao TJA (Praça José de Alencar, s/n - Centro).
Outras informações: 3101 6759.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

< RECEBIDO >



REcebi de Valentino C. Kmentt com os seguintes dizeres...

Tragam seus equipamentos!
Convidem outras pessoas!
Acasa Filmes
www.visaodoabaquar.wordpress.com


Fikei curioso...

Papoca ou não Papoca?


...

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

< NÒIA ABRE INSCRIÇÕES >



Retornando ao Dragão do Mar, o Festival do Audiovisual Universitário, o Nóia, que chega a sua oitava edição, está com inscrições abertas aos interessados e articulados com cinema, música e fotografia. As inscrições, que são totalmente gratuitas, seguem até o dia 20 de setembro, juntamente com o regulamento, disponíveis no site www.festivalnoia.com.

Lembrando que é permitido participar da Mostra Nacional de Cinema Universitário estudantes universitários de todo o país. Já para as Mostras de Fotografia e Bandas são destinadas apenas ao público universitário cearense.

A oitava edição do Festival acontece de 27 a 31 de outubro, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Mostra de Cinema), no SESC SENAC Iracema (Mostra de Bandas), no Museu da Imagem e do Som – MIS (Mostra de Fotografia) e na Vila das Artes (Seminário e Oficinas).

Mais informações:
Luana Amorim, assessora de imprensa do NOIA(85) 8836.5570 - luanamelc@gmail.com

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

< ROCK CORDEL INTERNACIONAL >



Essa é a pedida do dia, aos que estiverem com tempo livre pela tarde, só chegar ao centro cultural do BNB e conferir a edição internacional do nosso querido Rock-Cordel.

Destaco no dia de hoje o debate Fora-do-Eixo, as 16h, onde os tidos como ``cabeças da cena´´ alternativa/underground da cidade, estarão reunidos e discutindo idéias, problemas e propondo soluções para a fomentação da produção artística local. Uma ótima oportunidade para manifestos, propostas, terrorismo poético, aproximação...

Lembrando que toda a programação que segue é grátis...

Dia 26 de agosto

13h Lavage
14h05 ANDES
15h10 Nômades
17h30 Alegoria da Caverna
18h35 Los Cocineros (Argentina)


Dia 27 de agosto

os grupos de cultura popular:
15h45 Batuqueiros
17h10 Tambor das Marias

Dividem o palco com o melhor do cover cearense numa homenagem ao rock internacional representado pelas bandas:
14h Lovedrive (Scorpions)
15h05 Love Gun (Kiss)
16h20 Killer Queen (Queen)
17h25 Prowler (Iron Maiden)
18h40 Hard Volts (AC/DC)

Dia 29 de agosto
14h30 Et Circenses
15h35 Thrunda
16h40 A Trigger To Forget
17h45 Piron Heron
18h50 The Aster (Portugal)

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Entrevista com Fabrício O Fuji – Produtor Móveis Coloniais de Acaju



Eles estão sendo apontados como a vanguarda da música independente brasileira, a razão, representam todo um novo estilo do se fazer música ao produzir música e inovam no quesito administração da música... Sacou? Segunda chance...

O Móveis Coloniais de Acaju, banda que nasce com influencia do Ska jamaicano, hoje é uma empresa com 10 sócios, CNPJ, impostos, amizade com leão e o fisco, tudo em dia. Possuem seu próprio festival que acontece duas vezes ao ano (Móveis Convida), foram pra Europa apoiados por editais federais de apoio a cultura, lançam cd na internet para downloads gratuitos e utilizam a rede mundial de computadores como principal aliada de divulgação.

Eles estiveram na Orbita no último dia 31/07 e na oportunidade pude trocar idéia com o homem que encabeça os bastidores da banda, Fabrício Ofuji, o produtor oriental da moçada do cerrado.

Acreditem, se por trás de um homem ainda existe uma grande mulher, nas costas da banda sempre existirá um produtor que vai de hold a psicólogo em segundos.

Muito atencioso e principalmente atento a toda a seqüência de montagem do palco super colorido, enfeitado por baldes repletos de faixas sortidas a serem pendurados, trocamos uma idéia no intervalo da passagem de som e falamos sobre essa surpresa que com o passar dos dias vira realidade do cenário artístico nacional.


Apasseio - O Fuji, tú entrou no Móveis em 2003, não foi isso?

O FUJI – Foi no fim de 2003, início de 2004... Quer dizer, as conversas começaram em 2003, mas foi entrando mesmo no começo de 2004.

Apasseio
- E você tava com quantos anos nessa época?

- O FUJI - Hummm... Eu tava com 21 na época..

Apasseio - Tô te perguntando isso pra saber como você virou produtor do Móveis,.. Tipo, o que te credenciou pra isso, sua relação com a banda... O teu percurso mesmo saca?!

- O FUJI – É curioso, sim, se você pegar hoje, meio que eu tenho 11 anos de música em Brasília. Lá eu tive, no fim da década de 90, uma banda com o Beto, que hoje é flautista do Móveis... e é aquela coisa de banda, de que quando você tem banda acaba sendo tudo... produtor, você divulga, corre atrás de show... Então desde aquela época já tinha essa movimentação.

Na banda éramos quatro, eu e o Mauro, o baterista que hoje é publicitário e não toca mais, nos éramos os que corríamos atrás dos de shows. Tinha aquela vontade de tocar, andava com a fita demo no bolso, mostrava pra todo mundo... Enchia o saco pra poder tocar e um pouco dessa experiência de produção foi acumulando dessa época.

Lembro que fizemos um show com produção própria no Teatro Garagem que foi um palco muito importante lá em Brasília. Foi onde o Raimundos começou a tocar, um lugar muito importante pra cena, onde todo moleque queria tocar. Sei que a banda acabou em 2000, depois disso eu era estudante de jornalismo e fazia cobertura de alguns eventos, cobria o Porão do Rock, fiz uma cobertura on line pra eles e surgiu a oportunidade de fazer a assessoria de imprensa prum festival que teve Alannis Morisette, Live, Simple Red...

Eu já tinha uma relação muito boa com o pessoal do Móveis, desde a banda ao colégio... Pra falar a verdade eu era amigo deles, mas nem era um grande fã do primeiro trabalho deles, que era um EP mais voltado pro Ska e tal... Mas respeitava muito eles, a vontade de tocar deles, a vontade de querer mostrar o trabalho...

E a banda tava participando da seletiva desse festival e foi a única de Brasília a tocar no palco principal. A gente viu que a banda se articulou em uma/duas semanas e montou uma estrutura de equipe pra tá participando dum festival daquele porte, de uma estrutura de luz e som que nunca tivemos igual. Comparado a Rock and Rio, aqueles palcos com passarela pelo público, equipe de SãoPaulo.

Naquele momento a banda viu que se fosse pra seguir com a música teria que ter um lado profissional maior. No fim do festival me perguntaram se eu não pilhava de estar trabalhando com eles e divulgando a banda, eu achei bacana e falei que deveríamos amadurecer a idéia, isso já em janeiro de 2004. O Beto me ligou na seqüência, acertamos esse lance de grana e foi por ai, fui me inserindo através da comunicação...



Apasseio - Nossa você teve ter tido muito trabalho, pegou a banda entrando no profissionalismo da coisa. O que você poderia falar sobre esse período para bandas iniciantes da cena de Fortaleza... e até das cenas do Brasil, em geral todo mundo acaba vivendo as mesmas situações?

- O FUJI – Tem uma coisa que é bem básica, acho que foi até o Noblat (www.blogdonoblat.com.br) que falou isso comigo... ``Cara, tem que teimar, insistir e bater o pé!´´... Você vai tomar muito não, vai ter gente que irá te ignorar e o negócio é tentar. Uma coisa que acontece no Móveis é que sempre acreditamos no trabalho e tínhamos perseverança, sabíamos que não seria aquela coisa de- Ahá a gente vai estourar –

Acompanhamos todas essas mudanças que ocorrem com a indústria fonográfica, a ascensão da divulgação pela internet. Decidimos que teríamos de construir a carreira tijolo por tijolo e até hoje estamos crescendo, não somos uma banda com a carreira consolidada. Tâmo longe disso, tâmo aprendendo bastante coisa, gostamos muito de, em cada show, trocar idéia com os produtores, com as bandas, ter esse tipo de experiência.

Tanto que um dos motivos de termos criado o Móveis Convida (Festival da Banda que ocorre duas vezes ao ano), era termos esse contato com produtores, bandas e fomentar a música. A questão principal é mesmo a insistência, que a partir daí você vai atrás, mete a cara sem medo de tomar o não, faz agenda... Uma hora o cara que te disse não é o mesmo que vai te dizer um sim, lá na frente, ele vai lembrar de você.

Apasseio - Como é a relação do Móveis com esse lance de editais? Aqui em Fortaleza tem banda e artista que vive de edital... Confesso que me preocupa essa super dependência...

- O FUJI – É uma questão muito importante, até porque não temos políticas culturais fortes instituídas no país. Então, todas essas leis de incentivo a gente tem que agarrar mesmo, tanto que até os grandes nomes usam e vem sendo criticados. Mas é a carência mesmo, do fato de não termos...

Na França, os artistas conseguiram se mobilizar, conseguiram direitos trabalhistas, seguro desemprego... A gente tem que contar com esse apoio, pode ser que você não ganhe sempre, ganhe uma vez ou outra, mas não podemos desprezar um incentivo importante. O primeiro disco do Móveis nós contamos com o apoio do Governo Federal, tem um fundo de apoio a arte e cultura, uma parcela do disco foi financiada por esse fundo, o que foi muito importante.

Apasseio – Sobre esse lance de, ‘’banda empresa’’, como é essa historia do Móveis Coloniais de Acaju ser uma empresa?

- O FUJI – Hoje a banda é de fato formalizada como empresa, somos 10 sócios no total e essa foi a forma que a gente encontrou de estar dentro do mercado formal de shows. Uma vez que você precisa emitir uma nota fiscal de algum evento, ai você não precisa de um terceiro e de empresário pra cuidar desse tramite. A gente viu que até conseguir convencer outra pessoa que o nosso material é interessante, fica tudo mais fácil. Esse modelo nós ainda estamos construindo, optamos por um caminho que pode ser uma via, é uma modelo similar do que acontece em Cuiabá, o pessoal do Espaço Público.

Eles são um coletivo e envolvem mais que a gente. São produtora, banda, estúdio, tanto o Pablo Capilé, quanto o pessoal do Macaco Bong, eles mobilizam muito. O que eles criaram de economia solidária em Cuiabá é um modelo muito forte e quem sabe é pra ser seguido...

Apasseio - Será que essa independência administrativa também já uma tendência?

- O FUJI – Não sei se chega a ser tendência, mas é um caminho. Não sabemos se é o caminho, mas estamos seguindo por ele, como temos a noção de todo o processo é muito mais interessante você conhecer pra poder fomentar a cultura. È muito mais fácil a gente estar ciente de quanto que precisa pra fazer um show, quanto de esforço físico, financeiro, do que você pegar e entregar um trabalho consolidado pra um empresario X, mesmo ele fazendo sua banda virar. Entendendo e participando do todo você vai poder opinar em que o dinheiro está sendo investido, no que se pode economizar pra investir em outra área e até em outra banda.

Acabou tendo um vício no Brasil que em certos lugares ainda se depende muito das bandas da década de 80 pra fazer um evento grande ou interessante. Se não colocar Capital Inicial, Biquíni Cavadão, parece que não se tem um retorno. Não tivemos uma renovação de bandas, talvez o Los Hermanos foi a última, NX0 e Cpm22 você vê que não estão mais com tanta força.

Apasseio - Puxando a sardinha pras bandas de Fortaleza... Pra participar do Moveis Convida?

- O FUJI – A gente geralmente convida bandas que conhecemos na estrada, a maioria são assim. O pessoal do Rádio de Outono, a gente se conheceu em Curitba e chamamos pra Brasília, o próprio Los Hermanos, tocamos no interior de Goiás e foi lá que chamamos... As vezes a gente consegue fazer uma seletiva, mas é muito difícil, muito material, daí se for escolher fica difícil. A gente queria mais espaço, por isso é feito duas vezes por ano. Mas nós sempre estamos recebendo material, indicações via internet, twitter...

Apasseio - E esse lance de ter lançado o cd ( c_omp_te) de forma virtual? Como se deu essa opção?

- O FUJI – A gente até conversou com várias gravadoras, mas não chegamos a nenhum ponto comum... até chegou , mas acabou tendo problemas... Com a Trama foi diferente, a gente acabou fazendo uma proposta de parceria que funcionou muito bem. Tanto eles apontam para a renovação, quanto a gente sabe a importância da internet.

Teve também a experiência do disco anterior, que quando colocamos todas as músicas para downloads gratuitos, isso ajudou mais gente a conhecer a banda e até, a venda de discos físicos aumentou. A gente sabia que a música na internet não era uma concorrente pro disco físico. Baseado na lógica do rádio e da TV, que você não paga enquanto espectador ou ouvinte, existem patrocinadores por trás de sua audiência. Na internet pensamos que seja da mesma forma, se tudo der certo até o fim do mês nos conseguimos bater o recorde do Ed Mota, que tem uns 26 mil downloads. A gente tá em 20 mil agora...

Apasseio - Por curiosidade, quantos exemplares vendeu o Idem?(primeiro cd)

- O FUJI – Uns 6 mil...

Apasseio - Só vendendo em show isso?

- O FUJI – É, a gente teve distribuição em loja, mas não conseguimos vender nem mil. A maior parte foi em show mesmo, o que varia né... Já o complete (segundo cd) tá com uma vendagem muito boa nas lojas. Teve uma semana que vendemos numa loja mais exemplares que a Ivete Sangalo (risos)...

Apasseio - Aqui em Fortaleza rola muito o lance do êxodo para Rio e Sampa. Vocês sentem isso em Brasília? Até pelo ranço da geração anos 80 que desceu dicumforça...

- O FUJI – Rio e São Paulo cara, não tem como, para ser uma artista, não necessariamente você precisa ter um reconhecimento nessas cidade. O reação em Cadeia antes de conquistar projeção nacional já eram uma realidade no Rio Grande do Sul e não eram no eixo. Mas é importante pra visibilidade nacional passar temporadas nessas cidades.

O Móveis opta por se fixar em Brasília pelo lado de fomentar, a gente quer que mais artistas apareçam, que mais artistas surjam, mais casas abram as portas. Pra fazer isso, tem que ta lá. Não tem como estar em São Paulo e apoiando o movimento em Brasília.

Preferimos manter a base em BSB pra conseguir fomentar, até porque temos uma visão que as gerações anteriores, todas as bandas saíram de Brasília, do legado deles ficou pouca coisa pra gente na cidade. É legal falar que eles são de lá, importante, mas o que as bandas fizeram por Brasília não foi tão intenso. Nos fazemos questão de ficar por lá, tanto que o cd foi lançado lá, fizemos questão de colocar isso pra Trama. A gente tenta encorajar outras bandas, depois do Moveis Convida, outras bandas optaram por fazer eventos similares. O Lafusa fez o Lafusicando, chegou a levar bandas muito interessantes.

Essa visão que é legal, todo mundo estar produzindo coisas pra mostrar o trabalho.

Apasseio – Cara, na boa... A sua relação de produtor é diferente, eu percebo que você não ta só nos bastidores, você faz parte da banda como se fosse um músico mesmo... Isso foi natural?

- O FUJI – Cara...(risos)... A idéia minha é não estar a frente, mas acaba de alguma forma que a participação no dia a dia é tão próxima, que eles mesmo propuseram essa historia... Eu não sei... Cara, é uma coisa legal, a gente gosta de trabalhar com pessoas que acreditam no que faz, todo mundo na equipe são pessoas que estão crescendo com a banda. A banda não é só banda é, tudo envolta. Os agradecimentos do disco novo deixam bem evidente isso, que a importância é de cada um, tanto o grupo, quanto as pessoas que ainda nem conhecemos, mas que de alguma forma nos dão retorno... Essa é a idéia que sempre buscamos trabalhar.

Apasseio - Pra finalizar, um recado pro mundo alternativo...

- O FUJI – O legal do Móveis é que quando um tá com a energia baixa o outro chega e levanta a moral, passa energia positiva... Eu acho que é isso, as pessoas tem que acreditar no trabalho, ver as prioridades e se puder investir em música, arrisque, trabalhe bastante. É curioso, alguém até brincou – Será que o O Fuji vai me deixar estagiar quando eu estiver cursando algo de produção? – Eu acho que tenho tanto a aprender quanto essa pessoa, nessa trajetória tem que acreditar tanto quanto fazer...




Papoca!

...

terça-feira, 11 de agosto de 2009

< OPORTUNIDADE >





Moçada do audiovisual, estão abertas as inscrições para o edital de seleção da segunda turma do curso de Realização em Audiovisual da Vila das Artes. Segundo o release do www.fortaleza.ce.gov.br, `` O curso tem por objetivo fomentar um espaço para o surgimento de novas gerações de realizadores capazes de desenvolver parâmetros artísticos e organizacionais próprios para realizar projetos autorais que tenham como suporte os meios audiovisuais´´.

A história tem duração de dois anos e busca dar oportunidade aos que possuem vocação autoral e necessitam de estudos teóricos e técnicos para materialização das viagens... Aos interessados, as inscrições são feitas pelo site www.ccv.ufc.br ate o dia 27 de setembro e o edital pode ser conferido no site da prefeitura.

O projeto é realizado em parceria com o Departamento de Comunicação Social da UFC, é gratuito e terá início em 2010 no período da manhã (8h às 12h). São ofertadas 40 vagas, das quais 50% destinadas para alunos que tenham cursado todo o ensino médio em escolas da rede pública. Os alunos que concluíram o último ano do ensino médio em escola pública poderão solicitar isenção na taxa de inscrição (R$ 20,00) nos dias 10 e 11 de setembro.

Excelente oportunidade...

Serviço:
Inscrições para o II Curso de Realização em Audiovisual da Vila das Artes, somente pelo site www.ccv.ufc.br. Edital disponível no site www.fortaleza.ce.gov.br. Taxa de R$ 20,00 para inscrição - isenção para alunos da rede pública de ensino. Informações na Vila das Artes (rua 24 de Maio, 1221, Centro) ou pelos telefones (85) 3252 444 e 3105 404. Curso gratuito.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

< PRIMEIRA NOITE PONTO.CE >


No próximo dia 22 de agosto o Festival Ponto.CE trás a Fortaleza uma das prévias do que acontecerá nos dias 6 e 7 de novembro, na Praça Verde do Dragão do Mar. Buscando afirmar a temática de sua quarta edição, unificação das linguagens artísticas, a produção mostra ao público cearense que o Festival não é composto apenas de rock and roll.

Completando 10 anos de estrada, os cariocas do Ponto de Equilíbrio retornam a terra da luz depois de um ano ausentes e na ocasião lançam os dois novos singles, “Música de Jah” e “O que eu vejo, que estarão compondo o álbum de retorno a independência artística.

Muito massa a atitude dos reggae boys, que após passar por uma gravadora de porte médio e mais recentemente por uma multinacional, que não precisam ser citadas no blog (independente) em questão, a banda resolve que a independência é mesmo a melhor e racional opção.



Na mesma pegada do reggae roots, os pernambucanos da N’Zambi chegam pela primeiras vez a Fortaleza e prometem mostrar porque são um dos ícones da cena reggae do Recife. Com o cd de estréia, Kaya, mas se oriente!, recebendo boas referencias na mídia alternativa, dá uma olhadinha na resenha do Bruno Nogueira (http://www.popup.mus.br/2008/03/24/nzambi-kaya-mas-se-oriente/), o show do quinteto deve esquentar o clima na barraca Biruta.

Escutei o cd dos caras com gosto, tem que ver o encarte, o material gráfico, coisa fina que certamente estará a venda durante a apresentação, que no mínimo, vale a pena conferir como referência moçada...



E finalmente, representando as cores locais, a moçada da Leões de Pedra fecha o set list das bandas com muitas pedradas do reggae e músicas do seu trabalho autoral. Ainda participando do evento, o DJ / VJ GIBY “The CoMiCs”, coloca os presentes para dançar e viajar ao som de suas pérolas da reggae music e visual das projeções cinemacodélicas... Gostaram do novo adjetivo? acabou de sair aqui...

Lembrando a todos os músicos e pesudoartistas que a organização do Festival Ponto.CE continua recebendo material das bandas, os interessados devem enviar Cd e foto para Rua Pereira Valente, 738/500, Meireles - Fortaleza-CE -CEP: 60160-250, ou para o email < contato@pontoce.com.br>.

Serviço

EMPIRE RECORDS E ZERONEUTRO Apresentam:
---------------------------------------------------------------------
NOITE PONTO.CE 2009 com a banda:
PONTO DE EQUILIBRIO (RJ)
DIA 22 DE AGOSTO (SÁBADO) NA BIRUTA!!!!!
Participação Especial:
N´ZAMBI (PE)
LEÕES DE PEDRA (CE)
DJ GIBY “The CoMiCs”


Abertura dos portões: 21:00h

INÍCIO DAS VENDAS: 31/07/2009
INGRESSOS ANTECIPADOS:
1º lote: R$20,00 - PISTA
1º lote: R$25,00 – ÁREA VIP

PONTOS DE VENDA:

CHILLI BEANS (IGUATEMI): (085) 3241-2211
ALL STREET (DOM LUIS) : (085) 3264-2666
DOUBLE BEACH (GALERIA PEDRO JORGE): (085) 3226.2182

INFOS: (085) 3253.6439
www.pontoce.com.br

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

< DIA DO CAPOEiRISTA >



Fica a Homenagem do apasseio a todos os capoeiras do Brasil!!

A seguir uma belíssima ladainha (canção)intitulada, Dona Isabel, do compositor Tony Vargas, que representa muito o sentimento e importância da capoeira pelas bandas de cá...


Dona Isabel que história é essa de ter feito abolição
De ser princesa boazinha que libertou a escravidão
Tô cansado de conversa, tô cansado de ilusão
Abolição se fez com sangue que inundava este país
Que o negro transformou em luta cansado de ser infeliz
Abolição se fez bem antes e ainda há por se fazer agora

Com a verdade da favela e não com a mentira da escola
dona Isabel chegou a hora de se acabar com essa maldade
De se ensinar aos nossos filhos, o quanto custa a liberdade
Viva Zumbi nosso rei negro que fez-se herói lá em Palmares
Viva a cultura desse povo a liberdade verdadeira
Que já corria nos Quilombos e já jogava Capoeira
Iê viva Zumbi...


Papoca é tudowwww


...

quarta-feira, 29 de julho de 2009

< ENTREVISTA COM ZOO >



Figura carimbada da cena independente e alternativa de Fortaleza, Luiz Alberto ``Zoo``, eterno vocalista da Jumenta Parida, está de banda nova. Com a saída de Vitoriano dos vocais da Alegoria da Caverna, o rapaz de cavanhaque que iniciou sua carreira musical querendo ser Humberto Gessinger (Engenheiros do Hawaíi), assume a responsa no auge dos seus 29 anos.

Num bate papo descontraído via MSN, entre deveres, trabalhos e tarefas, pude saber como estão os planos futuros da Alegoria e receber uma super novidade que ocorrerá no Ponto.CE deste ano.

___________________________________________________________________________________

Zoo... você está entrando numa fase nova da sua vida de front man... Como tá se sentindo na Alegoria, já que é uma proposta bem diferente da Jumenta?

luizalbertozoo diz:
Antes de tudo é um desafio. Substituir um vocalista sempre é um grande desafio... eu já conhecia e adorava o som do Alegoria da Caverna e fiquei muito feliz quando recebi o convite pra substituir o Vitoriano. O fato do estilo ser diferente do estilo do Jumentaparida só me instiga! Eu gosto de explorar praias diferetes... um exemplo disso foi o Bolacha Preta...

E como foi o primeiro show la no hey ho?

luizalbertozoo diz:
Isso mesmo. Fizemos a estréia dessa nova formação no último dia 11/07 no Hey Ho. Pra mim foi maravilhoso, apesar de que eu estava doente e cantei no sacrifício. Foi muito bom sentir aquela energia de novo e tocar com o coração na ponta da chuteira!


Deu saudade da jumenta?


luizalbertozoo diz:
Sempre! E eu aproveito pra adiantar que o Jumentaparida estará esse ano no Festival Ponto.CE dividindo o palco com o Switch Stance...

Uia!!! Fala mais disso ai man... é novidade quentinha... estilo revival?

luizalbertozoo diz:
Fechamos ontem!


E como via ser? Os dois no palco?


luizalbertozoo diz:
Eu já tinha conversado com o Maurílio Fernandes sobre isso... nos encontramos essa semana e pensamos em como poderia ser esse revival. Então conversei com os outros integrantes da banda e já está certa a nossa participação nessa edição do Ponto.CE. Com formação original! Nossa idéia foi o Switch Stance tocar primeiro, depois faremos duas músicas com as duas bandas no palco... Em seguida, o Switch Stance sai do palco e rola o show do Jumentaparida.



Iradoo... fiquie feliz... Mas e sobre a atualidade... O que a alegoria nos reserva em seu retorno?

luizalbertozoo diz:
A banda continua tocando músicas do GororobaPopSemberabaRockTudo, algumas inéditas ainda da época do Vitoriano e já estamos com novas composições. Já tocamos duas delas no show do Hey Ho. Além disso, o Alegoria da Caverna ganhou um novo integrante, Mateus Enter, que está responsável pelos samplers e efeitos eletrônicos. Isso deu uma nova cara pro som. Ficou bem interessante!


E existe previsões de lançamentos de um novo álbum ou video clipe?


luizalbertozoo diz:
Lançaremos primeiramente um videoclip pra mostrar a nova cara da banda. A música escolhida é "Au revoir", que é uma parceria do Alegoria da Caverna com o Daniel Gadelha. Um novo disco está previsto para o ano que vem.

Que massa cara... Com uma década de cena rock em Fortaleza, sempre na atividade, qual é o seu atual diagnóstico do encontrado zoo?

luizalbertozoo diz:
Cara... Fortaleza é foda! É muito complicado divulgar um trabalho autoral por aqui, já que é uma cena recheada de bandas covers e tributos. Estamos aí pra comprar o desafio, mas sabemos que existem muitas pedras no caminho...

O que mudou pra você nesses quase 10 anos? Onde você sentiu evolução? ou não sentiu muita?

luizalbertozoo diz:
Eu acompanhei meio de fora depois do fim do Jumentaparida, mas percebo que as dificuldades aumentaram, principalmente no quesito público. Parece que as pessoas estão perdendo a curiosidade de conhecer novas idéias...

E já que você disse que está ai para topar o desafio, a reconquista do público seria o maior desafio da alegoria nessa nova jornada?

luizalbertozoo diz:
Com certeza! É como eu falei... substituir um front man é complicado. À principio vai rolar um estranhamento, mas a banda tá leve nesse momento de recomeço. Vamos ver no que vai dar!

e pra finalizar... alguma consideração final? e um alow pra negrada do blog?

luizalbertozoo diz:
Muito obrigado pelo espaço! Esperamos contar com o apoio do blog pra divulgar as novidades e até qualquer hora! Um abraço!

< E AGORA JOSÈ??? >



Imagem retirada do blogdonoblat... A questão é o que colocar no lugar quando o senado se acabar?


Acabou de me passar uma pergunta pela cabeça... Será que eles teriam medo de guilhotina?


Sim, minha sugestão... Uma complexo de comida italiana, principlamente pizza...


Paz

...

terça-feira, 28 de julho de 2009

< MÒVEIS COLONIAIS EM FORTAL >



A Orbita tem o prazer de apresentar nesta última sexta feira (31) das férias, o show mais aclamado do cenário musical independente brasileiro. Vindos diretamente do planalto central, Móveis Coloniais de Acaju. Os rapazes retornam a Fortaleza e desta vez brindam o público local com o show do segundo e esperado álbum, C_MPL_TE (Complete).

Sobre o disco, segundo o release oficial do grupo, a produção de Carlos Eduardo Miranda foi importante para lapidar e dar unidade ao som, além de preservar muito das influencias do primeiro álbum da moçada, ´´mantendo os sabores de ska, samba, músicas do mundo ao rock, a sutileza dos teclados, as belas melodias dos sopros, a segurança do baixo e bateria, a força das guitarras e os vocais alegres e contagiantes``.



Quem fica na responsa de abrir o evento são os indies da Monophone, que depois de uma rápida turnê por São Paulo continuam mostrando que retornaram a Fortaleza em grande estilo. Nesse primeiro semestre o conjunto teve oportunidade de abrir para os cariocas da Moptop e reservam novidades no início do terceiro trimestre de 2009. A notícia fica por conta do lançamento do segundo álbum com 10 faixas inéditas, que se encontra em fase de gravação, onde um novo vídeo clipe será lançado simultaneamente.

Composta por André Fernandes (vocais), Cid (guitarra), Zé Maria (guitarra), Júnior Arruda (teclas), Ricardo Donato (baixo) e Bruno Brasil (bateria), a Monophone iniciou um processo experimental de Júnior, Cid e Zé, completando e solidificando a formação atual gradativamente.

Clássicos que todos cresceram ouvindo (principalmente rock britânico); conceito indie; trilhas sonoras (faroeste “spaghetti”, filmes dos Trapalhões 70, kung fu classics, etc...); surf music; timbres clássicos, timbres bizarros; humor negro; tremolo com overdrive e reverb; e muita amizade entre os integrantes, servem como paleta de sons e são as grandes influências dessa banda orgulhosamente cearense

Excelente pedida para a sexta feira... Papoca ou não papoca?


SERVIÇO:

31/07/2009 - Show Móveis Coloniais de Acaju
a partir das 21h
local: Órbita Bar
ingressos: 1º lote R$ 20,00 / 2º lote R$ 25,00
ingressos antecipados nas lojas
Desafinado
loja 01: Shopping
Del Paseo, 3º piso
loja 02: Av. Dom Luis, 655 lj 02/03
loja 03: Rua Costa Barros, 901 (dentro da livraria Acadêmico)
INFORMAÇÕES: (85) 3453 1421


....

segunda-feira, 27 de julho de 2009

< PRIMEIRA ATRAÇÃO DO PONTO.CE CONFIRMADA >



Moçada!!! Foi confirmada pela produção do Ponto.Ce, os pernambucanos do Mombojó estão no set list do festival, que esse ano acontece nos dias 6 e 7 de novembro, na Praça Verde do Dragão do MAr... Desta forma, os caras se tornaram os primeiros a serem anunciados, muito massa a notícia...

Preciso nem avisar que a galera continua reebendo material das bandas locais a serem selecionadas... Eis a mastigação...

Envie Cd e foto para Rua Pereira Valente, 738/500, Meireles - Fortaleza-CE -CEP: 60160-250, ou para o email < contato@pontoce.com.br >.

Maiores informações, o telefone de contato é (85) 3253-6439.


Não marquem bobeira e enviem enviem e enviem...

Papoca!!!

< OS BONS FILHOS A CASA TORNAM >



Novidade vinda das maiores referências da alternatividade local, Fernando Catatau e o seu Cidadão Instigado acabam de disponibilizar uma nova track no myspace da banda - www.myspace.com/cidadaoinstigado -

Com quase 4 anos divulgando e colhendo os frutos do marcante, Metodo Tufo de Experiência, a novidade cai como surpresa aos ansiosos fãs do Cidadão. A música nova se chama, Escolher Para Que?, e funciona como prévia do próximo álbum de inéditas a ser lançado até o final desse semestre (Deus é mais!).

Quem for até a página e escutar o novo som perceberá que o beat e swing característico das composições anteriores continuam por ali, o que aumenta ainda mais a ansiedade pelo novo trampo dos cearenses...

Fora isso, só nos resta esperar escutando o novo hit e torcer que mais novidades apareçam no próximo show da banda que acontece dia 1 de agosto no teatro da Boca Rica... Pense num lugar iradíssimo... Salve Mestre Oswald de Souza...


paPOCA...

quinta-feira, 23 de julho de 2009

< B NEGAO E OS SELETORES EM FORTALEZA >



Noooooooossa, show muito esperado pela minha pessoa em terras Alencarinas...

Amanhã quem for curtir o projeto de Guga de Castro, a Farra na Casa Alheia do Amicis, poderá se esbaldar ao som do hip-hop, ragga, dub, jazz, samba, soul, funk carioca e rock, do rapper BNegão e sua banda, Os Seletores de Frequência.

O cara que acompanhou e formou durante 10 anos o melhor grupo brasileiro da década de 90, Planet Hemp ´´aaaa´´, apresentará o repertório do álbum aclamadíssimo pela crítica nacional, 'Enxugando Gelo' (2003). Sucessos como, V V, Funk Até o Caroço e releituras de hits do Planet devem compor a noite.

No esquenta e pós show, o responsável é o DJ e produtor, Guga de Castro, com clássicos da MPB, Brega, Funk e tudo que vier na cabeça do homem, já to é lá...


Serviço

BUONI AMICI'S - 8 Anos: Farra, Samba e Futebol
Endereço: Rua Dragão do Mar, 80 (Centro Cultural)
Informações: 3219.5454 - www.buoniamicis.com.br

< OPORTUNIDADES >



Aos que buscam alguma forma de financiamento para suas viagens e sonhos....

http://www.itaucultural.org.br/index.cfm?cd_pagina=2688&CFID=215205&CFTOKEN=94467094

http://www.festivaldorio.com.br

http://www.tvbrasil.org.br/doctval/


http://www.cultura.gov.br/site/2009/07/15/doctv-america-latina-3/

http://www.bnb.gov.br/content/aplicacao/Eventos/Programa_BNBCultura_2010/gerados/apresentacao.asp


Todos esses links levam você a editais que se encontram em aberto....

PApoca!!!


...

terça-feira, 21 de julho de 2009

< PROS MANOS E PRAS MINAS >



Essa vai para os amantes do rap, Don L, o vocalista e rimador do Costa a Costa, representante maior do gênero na terra da luz, está disponibilizando até amanhã uma previa do seu novo trabalho (www.myspace.com/donlivre)... Desta forma a noticia chega a minha pessoa; ´´Ouve ae a prévia do meu som solo. Ainda não está finalizada. Estou deixando no ar até amanhã pra ouvir os comentários.´´

Segundo o mesmo, a batida de ``Essência´´, track disponibilizada na página, foi um presente do produtor Eddub; `` Ele tinha produzido o beat pro P.rima, que é um rapper de são paulo, e o P.rima achou que o beat era a minha cara, e me cedeu o beat. Eu fiz a letra, gravei, e mandei de volta pra sampa, e lá ela foi mixada pelo Paulo Garcia e pelo próprio Edubb´´.

Para o próximo mês o mc anuncia o lançamento de um cd promo em parceria com um dos pioneiros do ritmo nova yorquino no Brasil, DJ Hum, sobre a experiência o rapper cearense nos revela ; ``Pra mim é um orgulho tá fazendo uma parada com um cara que é da velha escola e ao mesmo tempo tá sempre fazendo coisa nova, botando gente nova no mercado... ele lançou a Paula Lima, o cabal, entre outros... a algum tempo ele não lançava ninguem, e chegou minha vez agora !´´


Papoca!!!

< OOO O VINIL VOLTOOOOU - O VINIL VOLTOOOOOU OOooo >



Para quem achava que o Vinil, a Bolacha, o LP..., havia sido extinto, eis a notícia.

Embalados em números divulgados pela empresa americana Soundscan, onde as vendas de discos de vinil aumentaram 50% em relação ao ano passado e este ano estima-se que chegue ao numero de 2,8 milhões de itens comercializados nos EUA, a empresa carioca,
Polysom, voltará a produzir LP’s no Brasil.

Com as primeiras prensas previstas para iniciarem até o final do ano com tiragem de 40 mil peças ao mês, a empresa, que será única do segmento na America Latina a disponibilizar o serviço, alerta sobre o fato de não possuir nenhum vinculo ou exclusividade com gravadoras.

Desta forma moçada, o mundo independente também poderá ter acesso a saudosa mídia. Segundo a jornalista e blogueira (www.recem.wordpress.com), Julia Lopes, a notícia é recepcionada com recheios de encantamento; `` O LP tá envolto numa aura simbólica... Ele é romântico, charmoso...´´. Já o reggae boy e Dj Bandit Dubwise ressalta a capacidade de despertar valor sentimental contida num LP; `` Acho que é uma ótima notícia para o mercado brasileiro, gravações em LPs resgatam antigos prazeres como escutar uma música ou a banda preferida direto da radiola, montar sua coleção de discos, etc. Tomara que não pare por ai e que venham mais e mais. Disco é cultura!´´



A má notícia fica no preço do vinil que continua caro. Para se ter noção, a gravadora Sony produziu este ano uma serie comemorativa intitulada, “Meu Primeiro Disco”, que relança os trabalhos de estréia de alguns heróis da música brasileira.

Nomes como Chico Science & Nação Zumbi, Vinícius Cantuária, Engenheiros do Hawaii, Inimigos do Rei, João Bosco, Skank, Zé Ramalho, Sérgio Dias e Maria Bethânia estão entre os selecionados. Cada pacote que inclui o vinil e um cd produzidos nos EUA custa em torno de R$ 150.

Sobre esse fator econômico, o produtor cultural e acionista majoritário do Hey Ho Rock Bar, Rafel Bandeira, faz relevante crítica via msn; `` Se continuar assim,o LP vai virar item de colecionador,não vai chegar na grande massa e vai se perder de novo...espero que o "novo LP" não seja o LD da década passada...´´... É moçada, definitivamente o LP voltou...


...paz...

segunda-feira, 20 de julho de 2009

< CINE CEARÁ >




Os convites que dão acesso às Mostras Paralelas e Competitivas do 19º Cine Ceará começam a ser distribuídos nesta segunda, 20, em sete pontos da cidade.

Como de costume, ao levar 1kg de alimento não-perecível você ganhará duas credenciais que darão direito a acompanhar os filmes em todos os locais de exibição ,no período de 29 de julho a 3 de agosto, lembrando que essas credenciais não valem para as solenidades de abertura e encerramento.

Os postos de troca funcionam até o dia 29 de julho, após a data, durante o Festival credenciais só poderão ser adquiridas no Centro Cultural Sesc Luiz Severiano Ribeiro.

Caso queria maiores informações < http://www.cineceara.com.br >

Eis a lista dos postos de troca...


Postos de Troca


Casa Amarela Eusélio Oliveira
Espaço Unibanco Dragão do Mar
Portaria do Diário do Nordeste
North Shopping
Shopping Benfica
Locadora Asa Vídeo (Somente as credenciadas)
Centro Cultural Sesc Luiz Severiano Ribeiro


PApoca!!!

< PROATIVIDADE ARTÌSTICA >



Com o advento da tecnologia a seu favor, o fazer música foi transformado na última década, uma revolução silenciosa feitas através de bytes e internet retirou das gravadoras o poder de escolha e imersão dos artistas ao grande público. Hoje, gravar um disco já não é o maior desafio de bandas e conjuntos... A questão agora é... Como se projetar/expandir para chegar aos ouvidos alheios e mídias de massa?

Fundado em Brasília no ano de 1998, o Móveis Coloniais de Acaju carrega hoje a responsabilidade de ser o maior expoente do circuito independente do Brasil, graças a proatividade e manejo que situam sua trajetória nos últimos anos.

Estruturando e administrando a banda como um empresa, onde cada integrante possui uma função (designer, produção, administração..etc), os 10 rapazes inovam em sonoridade e maneira de se realizar. O lado empreendedor dessa banda-empresa é sentido nas ações de organizar seu próprio festival duas vezes por ano (Móveis convida), produzir e vender seus produtos (camisetas, acessórios, discos, etc) e planejar suas turnês.



Desta forma, levando ao seu público a mensagem de total independência, agregada a sutileza dos teclados, as belas melodias dos sopros, a segurança do baixo e bateria, com força nas guitarras e vocais alegres/contagiantes, fizeram com que o segundo álbum do Móveis, C_MPL_TE (complete), esteja recebendo da crítica nacional a indicação de disco do ano de 2009.

Em Fortaleza é notória essa nova atitude em alguns artistas do segmento, bandas como Monophone, A Trigger to Forget, Enverso, dentre outras, apontam para esse novo rumo através de páginas na internet feitas por profissionais, organização de shows, pequenos investimentos em publicidade, produção de vídeos clipes e ações conjuntas/pontuais.

Percebo que a primeira década do novo milênio está marcada pela transformação de se fazer música, onde cabe somente ao artista administrar seus sonhos, onde ensaiar e estudar música não são as únicas obrigações de músicos e onde principalmente, a proatividade deve ser palavra de ordem.

...

sábado, 18 de julho de 2009

< CURSOS CURSOS E CURSOS >



A Casa Amarela Eusélio Oliveira está com inscrições para cursos de extensão até o dia 31 de agosto, ou até o preenchimento das vagas. Os cursos ofertados são:

Cinema e Vídeo, com aulas de 2ª a 5ª feira, de 19h às 21h (duração de três meses – 90 h/a); Cinema de Animação, com aulas de 2ª a 5ª feira, de 19h às 21h (duração de dois meses – 60 h/a) e Fotografia, com duas turmas: a primeira, com aulas às terças, quartas e quintas-feiras, de 14h às 16h, e a segunda nos horário de 19h às 21h (duração de dois meses – 60 h/a).

As aulas começam no dia 1º de setembro, valor de R$ 200 para os cursos de Cinema e Vídeo e Fotografia, e de R$ 180 para o de Cinema de Animação. Interessados pagam através de Guia de Recolhimento da União, disponível na secretaria da Casa Amarela, não esquece de levar um documento de identidade e uma foto 3x4 atual.

Mais informações pelos telefones 3366 7772 e 3366 7773.


....

Papoca!!

sexta-feira, 17 de julho de 2009

< HOJE TEM RAVE DAS BOAS >




Hoje tem Rave moçada!!! Para os fãs de Psytrance e Full On, a pedida é chegar junto na festa da ZonaVibe, que acontece logo mais no parque Terra da Aventura, localizado no pé da serra da Aratanha. Quem entrar no site da produtora poderá conferir um visual pra lá de especial e natural.

Destaque para a estréia do novo LIVE dos locais – Neuropipes (Nu-act) - Pedro Resende e Delano Pessoa (DJ Neck). Segundo o release no myspace desta moçada, o som que encontraremos na pista é o seguinte: `` A música do Neuropipes caminha na faixa de interseção entre o Progressive Trance e Full On Groove, apresentando um trabalho híbrido e bastante refinado. Mostrando toda versatilidade e seriedade, o projeto funde o progressive com o psychedelic criando uma perspectiva única de som, sempre diferenciado e inesperado para quem está no dancefloor´´. Dá um chego no site moçada e sente o drama - http://www.myspace.com/neuropipes - .

Tive uma pequena conversa com um dos produtores do evento, o Lucas SD, faça um ``take a look´´ na idéia... (Há, queria dar os parabéns pela iniciativa de colocar UTI móvel na festa...)

__________________________________________


Vi o pico, nossa cara é sensacional... Como foi a pesquisa do lugar?

' Lucas SD - ZONAVIBE DREAM LAND AMANHÃ com HEADROOM + PIXEL + ACE VENTURA + NEUROPIPES- Ingressos e + Info www.zonavibe.net diz:
Um dos nossos sócios já conhecia o local, ia fazer um outro evento lá, quando nos reunimos para decidir onde seria ele soltou a idéia e fomos ver no outro dia...e ai nos apaixonamos né... hehehehhee...muito lindo o pico, muito verde, tem cachoeira, trilha, tirolesa, rapel... tem tudo man.

E sobre a escolha das atrações? É sempre uma coisa delicada...

' Lucas SD - ZONAVIBE DREAM LAND AMANHÃ com HEADROOM + PIXEL + ACE VENTURA + NEUROPIPES- Ingressos e + Info www.zonavibe.net diz:
Sempre, pois sabemos que temos muita responsabilidade nas mãos, nós estamos em uma fase que conseguimos moldar uma boa parte do publico trance de fortaleza, enquanto antes só havia festas direcionadas para o Full On Morning (Muito Comercial) começamos vagarosamente a infiltrar nos Line Ups artistas do nosso próprio gosto, então sempre que vamos escolher as atrações pensamos o que nós gostaríamos de ouvir quando estivéssemos no Main Floor, e essa idéia graças a Deus sempre resultou em atrações bombásticas que até hoje não decepcionaram

Outro quesito muito badalado nas raves locais é a decoração... O que pode adiantar pra moçada?

' Lucas SD - ZONAVIBE DREAM LAND AMANHÃ com HEADROOM + PIXEL + ACE VENTURA + NEUROPIPES- Ingressos e + Info www.zonavibe.net diz:
Como o local é muito arborizado, com uma vegetação esplêndida, preferimos poupá-lo de decorações exorbitantes, utilizaremos peças que foram usadas apenas uma vez em outros estados além de panos pintados a mão com exclusividade para o evento. Mas na verdade a decoração do lugar, é ele próprio, não quis sujar a imagem que tive dele assim que o conheci.

Eis o set list de atrações e os contatos...

PISTA DREAM

00:00 Victor Teles (Zonavibe)
01:30 Diego Grecchi
03:00 Seo Doctor (PsyRoots) RS
04:00 Edy MVS (Zonavibe)
05:00 PIXEL LIVE (Hommega Rec.) ISRAEL
06:00 HEADROOM LIVE (Nano Rec.) ÁFRICA DO SUL
07:00 Lucas SD (Zonavibe)
08:00 ACE VENTURA LIVE (Iboga Rec.) ISRAEL
09:00 NEUROPIPES LIVE (Nu-Act) BRASIL (
10:00 Neck (Nu-ACT)
11:00 Jam Session

PISTA LAND

23:00 - Fernando Pyro (Tech House)
00:00 - Victor Falcão (Minimal/Tech House)
01:30 - Electro Odissey LIVE (Electro)
02:30 - Morr (Electro)
04:00 - Bojiha LIVE (Progressive House)
05:00 - Nagababa LIVE (Progressive)
06:00 - Germano (Tech House/Techno)
08:00 - PAUSA PARA ACE VENTURA MAIN FLOOR
09:00 - MKJ (Hard Techno)
10:30 - Philip C (Acid Techno)
12:00 - Jam Session

Serviço

www.zonavibe.com.br

3o LOTE
R$40,00

CAMAROTE:
R$80 Masculino*
R$60 Feminino*
*30 reais consumíveis

PONTOS DE VENDA*

BEAUTY CENTER IGUATEMI
BEAUTY CENTER BAMBUY

*Pontos de vendas sujeito a alterações.

INFORMAÇÕES
(85)8843-5485.(85)9174-2773.(85)8829-7360

quinta-feira, 16 de julho de 2009

< XI FORCAOS ANUNCIA PROGRAMAÇÂO>



Foi divulgada a programação do XI ForCaos, que este ano acontece no Hey Ho Rock Bar (PI), nos dias 31 de julho e 1º de agosto. Promovido pela ACR (Associação Cultural Cearense do Rock), o festival terá 20 bandas de diversas regiões do Brasil e a novidade é que não se limitará ao espaço interno do Hey Ho, onde a rua Sen Almino será fechada e utilizada para exibições audiovisuais, stands e outras viagens.

Destaco dois pontos positivos na 11ª edição do ForCaos, primeiro, a exibição do documentário de 10 anos de Festival - ForCaos – 10 anos – produzido pela núcleo de audiovisual da ACR (Rock.Doc), sob a coordenação de Marcelo Paes de Carvalho, segundo, todas as bandas receberam cachêzim/ajuda de custo de R$300,00, maravilhaxxx de notícia.

Lembrando que a história toda é filiada e consta no set list da ABRAFIN (Associação Brasileira de Festivais Independentes), como de costume o festival recolherá um Kg de alimentos, desta vez destinado aos afetados pelas chuvas deste ano e os ingressos custam R$8,00 (meia) antecipados



Programação
-------------------------
Sexta (31/julho)
.
18h00 – 18h40 :: BORN SUFFER DIE (CE)
18h50 – 19h20 :: PSICOMANCIA (RN)
19h30 – 20h00 :: A TRIGGER TO FORGET (CE)
20h10 – 20h40 :: DRIVE SEX (CE)
20h50 – 21h20 :: RHEVENGE (DF)
21h30 – 22h00 :: BETRAYAL (CE)
22h10 – 22h40 :: COLLAPSE NR (SP)
22h50 – 23h20 :: S.O.H. (CE)
23h40 – 00h20 :: DECOMPOSED GOD (PE)
00h40 – 01h40 :: VIOLATOR (DF)
.
-------------------------
Sábado (1/agosto)
.
18h00 – 18h40 :: KRENAK (CE)
18h50 – 19h20 :: MY FAIR LADY (CE)
19h30 – 20h00 :: RESSURECTOR (SP)
20h10 – 20h40 :: NFÚRIA (CE)
20h50 – 21h20 :: DISSIDIUM (PB)
21h30 – 22h00 :: MORTAES (DF)
22h10 – 22h40 :: HOSTILE INC. (CE)
22h50 – 23h20 :: KROW (MG)
23h40 – 00h20 :: FUNERATUS (SP)
00h40 – 01h40 :: TAURUS (RJ)
------------------------------------
Serviço:
ForCaos – 11ª edição
Local: Hey Ho Rock Bar (Rua José Avelino, 604 – Praia de Iracema – Fortaleza – CE)
Nos dias: 31 de julho e 1º de agosto
Horário: 17:00 horas
Ingressos Antecipados: R$ 16,00 + 1Kg de Alimento não-perecível (inteira) R$ 8,00 + 1Kg de Alimento (meia) – com venda na Kangaço Rock Street
No local: R$ 20,00 (inteira) + 1kg de alimento e R$ 10,00 (meia) + 1Kg
Mais informações: (85) 4101.6928/3254.2993

quarta-feira, 15 de julho de 2009

< ENTREVISTA COM BABUÊ >



A noite é quente em Fortaleza, o relógio de rua visto da minha janela registra 28C (não sei fazer a bolinha do grau)... Não acredito, aqui dentro do quarto está certeza mais quente. O Flamengo recebe daqui a alguns instantes os Porcos do Parque Antártica, estou sentindo que hoje a estrela do Imperador irá brilhar novamente no maior do mundo.

``Vaaaaaamooooowww Flameeeennnngooooooo, vamo ser campeãoooooo, Vamo flamengowwww...

Olho meus e-mails, respondo aqui, mando dali, o ventilador continua a soprar... Na primeira sexta feira de julho encontrei, em pleno show do Moptop no Hey Ho, o manager / produtor / DJ BabuÊ... O cara que está com sua faculdade de jornalismo trancada (puta que pariu!!! Lembrei do meu diploma!!!) e atualmente é gerente do Hey Ho Rock bar, o pico mais importante e alternativo da cena rock local.

Trocamos idéia, ganhei o Dead Pop - da Plastique Noir, combinamos uma entrevista com o próprio rapaz e uma resenha do cd foi prometida (essa semana sai, eu juro!)... Os caminhos novamente se cruzaram com oportunidade temporal... Eis um bate-papo sobre opiniões e vivências relacionadas a cena alternativa local, com Mister Baboo... Um homem de peso e principalmente de atitude, na reimosa cena alternativa local...

_____________________________________________________________________________________

Maxu, pra quem não te conhece... Quem é o Babuu?

DJ Babuê [de Sade] diz:

Cara, meu nome é Rafael Lucena, mas Babuê é um apelido de longa data... Acabou virando marca registrada tb ... usei como nome da produtora, que na verdade sou eu tb heheh

E como começou esse seu lance de Produção? Ou o dj veio primeiro?

DJ Babuê [de Sade] diz:
Dj veio primeiro...começou assim, em 2005, mais precisamente em agosto comecei a fazer eventos no extinto Noise3d Club, como DJ Babuê....De lá pra cá começaram as bandas, eventos maiores e agora a gerência do Hey Ho

Hoje você produz a Plastique Noir... Que conclusão você tem tirado dessa onda de produzir bandas alternativas em Fortaleza?

DJ Babuê [de Sade] diz:
Pois é... Comecei com eles, com a Plastique Noir, começamos praticamente juntos, eu com a festa Dança das Sombras e eles com a banda... Aí veio outras...Hoje produzo: RoadSider, My Fair Lady, Plastique Noir e Desidéria... Bom, a conclusão é a de que fazemos muito mais por amor mesmo...por gosto....

É ilusão achar que vai ganhar muita grana ou ficar rico... Pagar as contas já é um sonho heheheh... Mas vale a pena, é gratificante demais. Confesso... Se apenas com a banda rolasse sustentabilidade, eu largaria tudo e viajaria o mundo com eles

Mas então, o que projetar de futuro das produções locais? Existe futuro aqui em fortaleza?

DJ Babuê [de Sade] diz:
Cara, a questão não é futuro... é potencial... Fortaleza tem um potencial enorme de bandas boas e com qualidade gringa... O que a pessoas precisam aceitar é a capacidade de "celeiro musical" que a cidade tem aqui mesmo, depois que você rodar o circuito Praia de Iracema -Centro - Periferia, cabou-se

Futuro existe se a banda souber investir pra fora... myspace, cantar em inglês bem, essas coisas...se preocupar em ser o mais profissional possível saca?


E o que poderia ser dito pra quem tá começando um novo projeto? Já que o circuito, na sua opinião, anda limitado?


DJ Babuê [de Sade] diz:
Cara a questão não é bem limitação, é cíclica, é um ciclo saca? Eu diria assim: - Invista, se é isso que vocês querem, vão fundo! Agora, o principal, se profissionalizar...

DJ Babuê [de Sade] diz:
Aqui as bandas ainda levam a coisa muito na brodagem, na amizade...tocar pro amigos é fácil, difícil é tocar pra público de fora, pra críticos... e esse tipo de mentalidade que precisa mudar, as bandas enxergarem as coisas com mais profissionalismo mesmo

Sobre a cena rock/altenativa... O que o Baboo poderia dizer depois dos anos de experiência, alguma conclusão?...

DJ Babuê [de Sade] diz:
Cara, a cena tem melhorado bastante... Algumas bandas entenderam o lance de se profissionalizar, outras migraram pra São Paulo ou Rio, mas a coisa tem melhorado bastante

DJ Babuê [de Sade] diz:
Veja bem, temos 3 grandes festivais filiados a ABRAFIN só em Fortaleza -Ponto.CE, Forcaos e Feira da Música - acho q isso nem existe em outros estados. Então, local e chance de se apresentar não falta, o lance é saber como chegar lá

DJ Babuê [de Sade] diz:
O lance é conhecer as pessoas certas, andar nos shows, as bandas daqui são muito assim, "artistas". A galera se acha tão artista que não anda em show...banda fora do palco é público... Falta isso!... Falta a galera das bandas ir ver os shows....participar mais das coisas, existem muitas coisa boas acontecendo aí...nunca se viu antes: RedeCEM, Casas Associadas do Ceará.... Nosso grande parceiro tem sido o SEBRAE




È, mas o Ponto.CE e o ForCaos as vezes não pagam cachê pra ninguém local... É tudo na brodagem... Isso não ajuda nadinha no profissionalismo...


DJ Babuê [de Sade] diz:
Sobre cachês é relativo... O Forcaos já pagou cachê, sempre que pode, eles pagam, o que acontece muitas vezes é assim... Quando o festival não tem $ pra pagar cachê, ele oferece uma contrapartida em mídia e estrutura pras bandas, saca? Pq os custos são muito altos... Estrutura, mídia, divulgação, tudo isso custa caro...

O certo seria os produtores colocarem os cachês (mesmo que pouco) como programação financeira dos eventos... Mesmo que simbólico, 200 contos ajuda já a pagar uma gasosa, um rango, um ensaio...

Não entendo isso direito não, pois não acredito que as bandas possam crescer, sem serem remuneradas... Uma coisa que sempre escuto e escutei, até hoje mesmo o André (monophone) e o Zú (alegoria da caverna) estavam falando... O público daqui não curte sair de casa pra ver uma banda local e muitas vezes até de fora... Como mudar essa valorização do autoral? Enxerga uma luz? ou tem alguma solução? Sei la porra, ou você discorda dessa idéia?

DJ Babuê [de Sade] diz:
Eu concordo que as bandas devam ser remuneradas sim... Todos tem custos a pagar, mas cara, a cidade está infestada de covers/tributos e é fato que as pessoas preferem pagar pra ver o que já conhecem, escutar hits... Isso é assim em quase todo canto, formar platéia é sempre um desafio pras bandas autorais, o lance é se divulgar pesado...tocar sempre que puder, aparecer na mídia, lançar cd...entende?

DJ Babuê [de Sade] diz:
Estar sempre em destaque... Procurar ser notada...``quem é visto é sempre lembrado´´... e eu concordo que a coisa caiu muito...Antes vc via shows de bandas como Vulcani, Capones e Switch Stance lotados! Galera comprava cd, cantavas as letras... Hoje em dia me diga uma banda local (autoral) que coloca mais de 100 pessoas numa casa?

E ao que você atribui isso? a mutação...

DJ Babuê [de Sade] diz:
Rapaz... Não sei ao certo...tempos modernos? Internet? Marasmo mesmo?... Eu vejo um público apático, sem interesse de ir aos shows, talvez falta de divulgação? não sei ao certo mesmo...

Tambem não sei, mas sei que material humano, eu percebo que tem.... Diante desse diagnóstico, você como produtor de banda e ventos alterntivos, qual é o maior desafio?

DJ Babuê [de Sade] diz:
Rapaz...acho q é manter uma regularidade, as bandas daqui tendem a ser assim: aparecem, lançam cd, fazem shows, quando tão decolando, acabam e hehehe

é eu ja vi esse filme algumas vezes...

DJ Babuê [de Sade] diz:
Ou é só sair algum integrante e a coisa sempre desanda, o desafio é esse mesmo... Regularidade...devagar e aos poucos é que se chega longe. Eu noto que tem gente com pressa da fama, tem banda daqui que sai na capa do Vida e Arte(OPovo) e acha que no outro dia o Bonadio (Arsenal Music) vai ligar e contratar hehehehehe... não é por aí... é trabalho de pedreiro mesmo...de formiguinha, um dia de cada vez...um passo de cada vez, saca?

Rapaz e o 369, poooorra brother, que tristeza... menos um espaço na cidade, lembro que você tocava a parada na firmeza, sempre com ótimas atrações e programação....

DJ Babuê [de Sade] diz:
Pois é... Uma pena que fechou, parece que rolou divergências internas... não sei ao certo.... Mas era um espaço que já estava se firmando como alternativo...

Pois é man, Fortaleza carece demais de espaços... Pra finalizar... O que o futuro nos revela sobre as produções independentes e alternativas da Babuê Productions?

DJ Babuê [de Sade] diz:
Cara, atualmente o Hey Ho tem tomado muito meu tempo, mas sempre que posso faço algo lá mesmo, como a festa Pin Up´s Party...que foi um sucesso na primeira edição e tem agora dia 25 de novo


Olha o merchan Baboo


DJ Babuê [de Sade] diz:
Ainda quero fazer a Dança das Sombras Especial de 4 anos, lá pra outubro, mas to vendo ainda...e por fim, uma idéia fixa que ainda vou fazer é o Zé do Caixão aqui, não desisto nunca heheheh

Iradíssimo, valeu mesmo pela entrevista e por movimentar um dos nichos da cena alternativa da cidade, tá de parabéns total... Uma última mensagem pros visitantes do apasseio.blogspot.com?


DJ Babuê [de Sade] diz:
Keep on rockin dudes!


Papocaaaaaaaaa!!!




...

segunda-feira, 6 de julho de 2009

< TEATRO VISCERAL >



Uma porrada fortíssima nos sentidos!

É assim que defino a peça teatral Rãmlet Soul, em cartaz no Mocó Studio todas as quintas e sextas feiras do mês de julho.

Para entender essa violência e amplitude do quem se encontra, quem aparece interage com teatro de rua, intervenção cultural, nú artístico, audiovisual, plurisexualismo, terrorismo poético, rock and roll e samba groove ao vivo. Saí de lá orgulhoso em saber quem a cidade possui algo de expressão vanguarda a pleno vapor.

Segundo o release enviado por Ivan timbó, o resumo do colocado se enquadra na expressão teatro-rave, onde a definição é a seguinte; ``O Teatro-Rave é a um só tempo um show ensaiado e orientado, mas também aberto às intervenções criativas do público. Temos, aí, o ator como um arauto, sacerdote secular, um agenciador de mídias e pulsões coletivas (dentre as quais, as suas próprias)´´.



Apesar da expressão ligada ao segmento de música eletrônica, o que se vê é uma nova forma de se realizar arte, como uma ópera pós-moderna, onde as várias maneiras de expressões artísticas se colidem e entrelaçam. Rãmlet Soul fará você se abrir ao extremo, se concentrar, dramatizar, chorar e até atuar. Ressalva para direção de Tiago Arrais, que comanda e ocupa de forma belíssima os espaços da Praia de Iracema.

Aos que ficaram na curiosidade, um spot da peça pode ser visto no youtube, nada de extraordinário ou a altura do que é apresentado ao vivo, mas dá pra sentir levemente o drama...segue o link:

http://www.youtube.com/ramletsoul


Serviço


Dias: 9, 10, 16, 17, 23, 24, 30 e 31, sempre às 21h
Local: Mocó Estúdio (Rua José Avelino, 563 – Praia de Iracema), tel.: (85)3231-0819
Entrada: r$5 (meia) e r$10 (inteira)
Informações :
(85)9621-9700 (rodrigo de oliveira)
(85)3231-0819 (Mocó Estúdio)


...Paz..

quinta-feira, 2 de julho de 2009

< NOVO SITE NA PRAÇA >



A novidade de Gustavo Simão está no lançamento de seu web site, onde reune links para o seu Orkut, Flickrs e galeria com novos eventos e coberturas ainda por vir.O rapaz está evoluindo, não só no profissionalismo envolto a sua arte, mas em experiência e possibilidades de trampos, isso, de maneira notória moçada.

Entrevistado anteriormente pelo apasseio como documentarista oficial da cena eletrônica, o jovem de apenas 16 anos diz que com o aumento do volume de trabalhos, sua presença nas raves locais está parcialmente comprometida... ``Não vou deixar completamente, mas se aparecer uma proposta ou agenda melhor que a cena eletrônica, tenho que manter a postura profissional, mas vai ser muito dificil eu abandornar a e-music´´.

Felicidade para todos que curtem fotografia, E-music e os super clics do jovem Simão!!!

Sim, o site - www.gustavosimao.com

Parabens pelo talento e pela constante lapidação...

PAPOCAAAAAAAAA!!

quarta-feira, 1 de julho de 2009

< #FORA SARNEY >



Através da web e mecanismos como twitter e blogs, os internautas cearenses estão articulando um ato de repúdio aos últimos acontecimentos envolvendo o nome do senador José Sarney(PMDB-MA).

O movimento #ForaSarney está marcado pra hoje - 1º/07 - em várias cidades brasileiras, aqui na capital acontece regado a samba e cerveja, no bar do Arlindo, que fica na rua Joaquim Nabuco, próximo a praça da imprens

< PONTO.CE RECEBE MATERIAL >



Para os que buscam vôos com maior amplitude, a organização do Festival Ponto.CE estará recebendo a partir do próximo dia 06/07 (segunda feira) material para seleção de bandas. Os candidatos a programação da quarta edição do Ponto.CE devem enviar release, cd e foto para Rua Pereira Valente, 738/500, Meireles - Fortaleza-CE -CEP: 60160-250, ou para o email < contato@pontoce.com.br >. Para maiores informações o telefone de contato é (85) 3253-6439.

Sobre o critério de seleção em entrevista ao apasseio, Maurílio Fernandes, um dos produtores do evento... falou... `` Nos não repetimos bandas, as bandas locais que escolhemos são as que estão produzindo, ativas, lançando disco... Eu não vou colocar no festival uma banda que está ai há 10 anos e lançou só uma demo... Valorizamos quem tá no gás, lançando clipe, gravando disco, sendo falado, tocando...´´. Muito bom o critério, sob meu olhar, os espaços devem ser preenchidos por quem os perseguem...

Lembrando que este ano o festival acontece nos dias 6 e 7 de novembro e traz a temática da unificação de linguagens artísticas, onde ações como esquetes de teatro, apresentação de dança, ação conjunta com os organizadores do Festival Nóia, palestras direcionadas para a temática da produção artística independente, oficinas de instrumentos musicais voltadas para as comunidades do entorno do Dragão do Mar e atividades sócio-ambientais estão previstas.


...